Como todos sabem, sempre que encontro algum artista maneiro, que apresenta uma proposta contestadora sobre o tempo que vivemos eu busco trazer para apresentar a aqueles que ainda não conhece e hoje é a vez do ilustrador espanhol Luis Quiles. Em seu trabalho ele questiona os símbolos da sociedade moderna e como as pessoas estão se tornando reféns daquilo que elas mesmas criaram, sempre com tom impactante e fantástico. Abaixo segue alguns dos trabalhos deles, mas você pode e deve acessar todas as obras através do perfil dele no Devian Art. Divirta-se e compartilhe!

A industria do cigarro e a escravização do ser humano.

A indústria do cigarro e a escravização do ser humano.

Estripulias como fomentadoras da indústria do entretenimento através de bizarrices.

Estripulias como fomentadoras da indústria do entretenimento através de bizarrices.

A religião quanto limitadora da liberdade e pensamento.

A religião quanto limitadora da liberdade e pensamento.

A necessidade do ser humano em ser o centro das atenções em tempos de mídias sociais.

A necessidade do ser humano em ser o centro das atenções em tempos de mídias sociais.

Muito legal não é?

Acauã Pyatã

Na maior parte do tempo: publicitário e blogueiro, nas raras horas vagas um tremendo vadio de skate e desocupado no Insta. Insurgente, divergente e procrastinador. O tipinho de cara que escolheu morrer de pé ao ter que (sobre)viver de joelhos, alguém que escolheu ser a navalha ao invés da carne, um homem que absolutamente não é obrigado a nada, entendeu? N-A-D-A. Um maldito índio moderno em uma arcaica selva de pedra que um dia haverá de cair. Mas não agora, não mesmo.

Fale com ele pelo e-mail: diego@derepente.blog.br