Esta é a terceira publicação com tirinhas “mudas” do ilustrador  Chevelin Pierre. As primeiras foram Cute vendor (Querido Vendedor) e Lougawou, po moun (Bruxaria, pele). Em Noir & Blanc (Preto e Branco), temos a história de um escravo e uma escrava que tem a vida atravessada por eventos que vão desde violência sexual até uma tremenda revolução rumo a liberdade. Os quadrinhos prendem a atenção o que mais uma vez ratifica o talento traduzido em risco do haitiano Chevelin.

Clique na primeira tirinha e use as setas do teclado para avançar.

Acauã Pyatã
Na maior parte do tempo: publicitário e blogueiro, nas raras horas vagas um tremendo vadio de skate e desocupado no Insta. Insurgente, divergente e procrastinador. O tipinho de cara que escolheu morrer de pé ao ter que (sobre)viver de joelhos, alguém que escolheu ser a navalha ao invés da carne, um homem que absolutamente não é obrigado a nada, entendeu? N-A-D-A. Um maldito índio moderno em uma arcaica selva de pedra que um dia haverá de cair. Mas não agora, não mesmo. Fale com ele pelo e-mail: diego@derepente.blog.br