Tem semanas que falei sobre pessoas que confundem as coisas quando você está apenas sendo gentil e educado(a), pensando que está querendo algo a mais, este papo foi no artigo “Só sou legal, não to interessado em você“. Mas este assunto também tem outro desdobramento e sobre isso iremos procrastinar agora.

Como todos sabem, nossa sociedade divide nossos gêneros por papeis que muitas vezes beneficiam a nós homens em detrimento das garotas, mas as mesmas “facilidades” que recebemos ao nascer com um pênis entre as pernas e sermos heteros, se tornam armadilhas que nos fazem vitimas de nossa própria condição. Vou ser claro: você já foi cortejado por alguma garota e por algum motivo, seja ele qual for, negou sexo ou pegação? É uma espécie de convenção social que homem tem que agir que nem homem e pegar o máximo de mulheres possíveis e se você que é homem e hetero, por algum motivo recusa, especialmente se a garota for gata e gostosa, tem a sua condição completamente questionadas por outros homens e especialmente por mulheres.

Consultei brevemente umas 20 garotas que possuem o perfil de gatas, gostosas, inteligentes e interessantes, das quais 14 relataram já terem sido rejeitadas por homens que elas ficaram interessadas mas consideravam bonitinhos (entenda-se caras que tiveram a “sorte” e “oportunidade rara” de ter elas). Ao assunta-las sobre a primeira impressão e motivo que pensaram, forma-se a lista:

  1. Ele é gay.
  2. Ele é frouxo.
  3. Ele tem namorada ou é casado.
  4. Ele está bêbado.
  5. Eu sou muita areia pro caminhão dele, ele sabe e sentiu-se intimidado.

Essa lista segue da ideia mais citada para as menos referias. Perceba que interessantemente nenhuma delas considerou simplesmente que o cara não estava interessado. Estou usando o exemplo de garotas mas existe a mesma relação com caras que são esteticamente beneficiados. Tenho um amigo style modelo e que onde chega as garotas simplesmente ignoram todos nós que estamos juntos com ele e voltam toda a atenção para este individuo e certa vez, ele ficou interessado em uma garota que realmente era muito interessante mas também não era esteticamente das alternativas que estavam se atirando sobre ele, a mais atrativa para o senso comum. Ela não estava interessada e após aplicar o fora o primeiro comentário dele foi: “quem ela pensa que é, essa otária?”. Isso é para vocês perceberem que gente que se acha, pensa que está acima do bem e do mal e que pode ter quem quiser.

Nós homens somos acostumados a tratar com rejeição, mesmo aqueles que são mais bem cotados pelas garotas, agora em minhas experiencias percebo que elas não tratam tão bem com esta possibilidade. Uma vez fiquei com uma garota uma única vez e em outra oportunidade eu realmente não estava com saco e a criatura queria dar para alguém, já que eu era o único que estava de toca então “Diego vai tu mesmo”, mas como disse: não estava interessado. Após educadamente dar aquelas esquivas ninja, ela dispara: “sim cara qual é a tua? Tu não é homem não?”. Eu tinha 20 anos na época e pela imaturidade me senti diretamente desafiado e fui na cara e na coragem mostrar que era macho. Foi uma das transas mais escrotas da minha vida.

Da mesma forma que muitas vezes algumas pessoas não entendem que você está sendo legal e gentil tão somente, e acabam confundindo as coisas, existem pessoas que não conseguem compreender que você não está interessado(a) quando aplicam uma investida. Nunca fiz o tipo conquistador e de sair por ai alucinado caçando mulher, sempre preferi conhecer pessoas, fazer amizades e nesse meio, se conheço alguém interessante em que pense que pode existir a possibilidade, deixo rolar e vejo no que pode dar. Se rolar legal, se não rolar foda-se. Parceiro(a) tem muitas pessoas interessantes no mundo então não se bata.

Tem vezes que você conhece pessoas legais, bonitas, inteligentes, boas de papo, agradáveis, que combinam com você e interessantes mas por algum motivo neste universo, você não fica interessado(a), não ao menos naquele momento e isto é extremamente normal, pois nem sempre se está com saco para paquerar ou sexo. O que não significa que não possa rolar algo em outro momento já que as coisas mudam.

Eu sempre acreditei que a arrogância e egocentrismo cegam o homem e o tornam na máximo a sombra do que ele poderia ter sido, de modo que as pessoas se tornam egoístas e não conseguem visualizar mais do que a si mesmas, esquecendo que o mundo não gira em torno delas. Para que você não caia neste erro, camarada simplesmente deixe que as histórias fluam, não fique por ai querendo ser o “come come da Estrela” e fique de boa, curtindo a vida e deixando que pegações, ficas, romances e paixões sejam coisas que aconteçam ao acaso. Tudo bem que tem gente que sai, caça e se dá muito bem, mas infelizmente não funciona assim para a maioria das pessoas, especialmente se você é como eu que não possui o perfil do sedutor latino nato e opera de outras maneiras na função de “amante latino”.

Você já passou por uma situação assim? Já foi desafiado(a)? É pessoa, a vida não tá fácil pra ninguém. Não tá pra quem é bonito(a), imagine pra quem assim como eu, é feio(a). Falow valew aew.

Acauã Pyatã
Na maior parte do tempo: publicitário e blogueiro, nas raras horas vagas um tremendo vadio de skate e desocupado no Insta. Insurgente, divergente e procrastinador. O tipinho de cara que escolheu morrer de pé ao ter que (sobre)viver de joelhos, alguém que escolheu ser a navalha ao invés da carne, um homem que absolutamente não é obrigado a nada, entendeu? N-A-D-A. Um maldito índio moderno em uma arcaica selva de pedra que um dia haverá de cair. Mas não agora, não mesmo. Fale com ele pelo e-mail: diego@derepente.blog.br